Arranjar emprego em Inglaterra

Quando comecei a enviar CVs para Inglaterra deparei-me com vários problemas. O mais preocupante para mim era a língua. Eu nunca falei bem inglês e foi daquelas disciplinas que era uma dor de cabeça para mim e claro que não ajudou ter a professora que tive no secundário, foi das piores professoras que já tive. Sinceramente pensei que nunca iria conseguir arranjar emprego tão rapidamente, pensei que só conseguiria quando dominasse a língua. Quando comecei a enviar CVs enviei com a estrutura do CV europass, pus a minha morada e número de telemóvel português e pedi ajuda ao meu namorado por causa do inglês. Na realidade estava a fazer tudo mal. Depois de ter feito várias pesquisas na internet descobri que os ingleses não usam a estrutura do europass e as empresas/agências de recrutamento nunca iriam telefonar a alguém que ainda vive em Portugal. Comecei a ver que algumas empresas pediam um número inglês e resolvi ter um cartão de telemóvel inglês e mudar a minha morada para a morada no meu namorado que é inglês. Passado algum tempo comecei a receber respostas . Claro que o envio de CVs é um processo demoroso, precisava de alterar todos os CVs que enviava, ver o que eles pediam e por vezes ainda tinha de responder a longos questionários na página de recrutamento. Depois de passar a parte do envio de CVs a preocupação era falar inglês nas entrevistas e para mais fazer entrevistas pelo telefone. Claro que a minha primeira entrevista pelo telefone correu pessimamente mas aprendemos sempre com os erros. Só quando vim para Inglaterra e fiz um curso intensivo de inglês durante um mês comecei a habituar-me a falar mais. Eu sempre vi filmes, séries em inglês sem legendas e nunca tive dificuldade em perceber, o pior é a vergonha ou medo de falhar quando se fala, é uma barreira que ainda tenho de ultrapassar.

Para quem pensa vir para Inglaterra e acha que a língua é um problema, não é verdade. O mais importante é conseguirmos mostrar o que somos mesmo se falharmos no inglês. Depois de mês e meio de envio de CVs, mais ou menos 80 e ter visto mais de 200 empresas, finalmente consegui ter 3 entrevista e numa delas consegui como engenheira. Eu sei que os números parecem ser exagerados mas no final quando consegui encontrar emprego também fiquei surpreendida porque fiz um excel com todos as empresas que vi e enviei CVs. Claro que era um trabalho a tempo inteiro, acordava às 7h e só parava por volta das 18h.

No final de contas o mais importante é pormos muitas horas naquilo que realmente queremos e mostrarmos nas entrevistas o que somos capazes de fazer e não pensar nas dificuldades.

Anúncios

185 opiniões sobre “Arranjar emprego em Inglaterra”

  1. ola ana sou operario na area de construcao de ferro nao tenho curso nenhum nessa area mas estou registado no sindicato de trabalho de portugal a comprovar a minha profissao,o meu ingles e exelente na escrita na leitura e oral sera que me fazias o favor de indicar alguma empresa segura nessa area agradecia imenso…

  2. Olá… Adorei o teu blog e parabéns!! Sou licenciada em Química, e tenho 24 anos, e Inglaterra está nos meus planos futuros, visto que o pais está como está! Será que me podes ajudar com alguma empresa, recrutamentos.. Muito Obrigada 🙂

    1. Ha 3 sites bastante bons onde podes encontrar milhares de empregos para todas as areas e para todas as idades, procura no GOOGLE: Jobcentreplus, HR Jobs, UK Jobs.
      BOA SORTE!

      JOSE ROCHA

  3. olá Ana tennho muito prazer em ler estes comentarios e gostaria de lhe fazer algumas perguntas k são importantes para mim pois ja não sei mais o k fazer.
    sou Paula Teixeira e estou desempregada tenho um filho com 2 anos, o meu pai está em Londres e ficou de me ajudar mas diz k esta complicado para arranjar trabalho será verdade? Eu gostaria de emigrar para arranjar trabalho na inglaterra mas tenho medo pork o meu pai diz k não posso dizer k tenho la alguem pork a minha mãe perdia os direitos no qual ja vivem la á 7 anos ela e a minha irmã mais nova no Norte de Inglaterra e o meu pai em Londres.
    Se em arriscasse ir para inglaterra com o meu filho teria alguma ajuda do estado em termos de alojamento ou arranjar casa ate uma estabilidade para com o meu filho ate eu arranjar trabalho e fazer a minha vida na inglaterra, ja k aqui esta dificil arranjar trabalho? a minha mãe disse k eu podia ir com o meu filho onde o meu pai me deixava uma caução de uma semana no quarto onde esta e k nessa semana eu teria k ir ao consulado dar parte de estar ai e k ia a procura de trabalho e tinha o meu menino comigo, no qual o consulado ia ver onde residia com meu filho e k me arranjava uma estadia provisória para melhores condições por causa do meu filho e k depois me arranjavam uma casa tipo as da camara para pessoas com mais necessidades onde tambem me podiam ajudar a trabalhar e arranjar emprego sera isso verdade? Existe casas de acolhimento para este tipo de situação ou algum contacto k me possa ajudar ou acolher devido ir com o meu filho ? Estou desesperada não sei o k fazer, nem como fazer, tenho o curso de geriatria, o basico e um pouco mais de ingles por favor pode responder para o meu mail por favor: paula-alexandra2009@live.com.pt

    1. Olá Ana, chamo-me Dora e também estou desempregada já à bastante tempo. Sou assistente social, tenho alguma experiência na área, o meu inglês não é muito bom mas dá para me desenrrascar, no entanto também gostaria de o melhorar.
      Será possível enviares-me alguns sites onde posso enviar o meu CV?
      Descobri na net um site onde ajudam as pessoas a procurar emprego que é eurojob@eurojob.co.uk, achas que é seguro?
      Estou a pensar ir para a Inglaterra mas estou nesta aventura sozinha e como é normal tenho alguns receios…
      Será que me podes ajudar?

      1. Cara amiga Dora Jesus o meu nome e Jose Rocha e ja trabalho em Londres a 10 anos, conheco bastante bem este pais e de como funcionam as coisas em termos praticos no que toca em termos de procura e oferta de trabalho, nao concordo quando dizem que e dificil arranjar aqui trabalho, e apenas uma questao de perceber primeiro de como funciona o sistema tal como em qualquer outra parte do mundo. Como e logico e conveniente saber bem a lingua falado e escrito e ter pelo menos alguma qualificacao, para todos os efeitos vou-te dar o nome de 3 sites bastante bons onde podes encontrar milhares de empregos em todas as areas, procura no GOOGLE: Jobcentreplus, HR Jobs, UK Jobs.
        Boa sorte e algo mais que gostaria de perguntar-me nao ha problema nenhum!

      2. Olá Dora,
        Para poderes trabalhar como assistente social em UK tens de estar registada no Health and Care Professions Council (http://www.hpc-uk.org/). E tens duas hipótese: podes fazer um registo temporário, que é gratuito, ou podes fazer um registo internacional, que reconhece a tua licenciatura, mas que custa quase 500£! Por isso, a minha sugestão é que procures emprego noutras funções dentro do serviço social – support worker, project worker…No Reed e no Jobsite, por exemplo encontras ofertas. Eu também sou assistente social, e em junho vou mudar-me para Londres e tentar a minha sorte na área! Já consegui algumas entrevistas a partir de cá, mas como era avisada com pouco tempo de antecedência, as viagens ficavam muito caras…por isso, decidi ir e ficar pelo menos um mês e ver o que consigo.
        Outra coisa que deves saber é que são raras as ofertas em que te podes candidatar apenas com CV. Normalmente, tens de preencher uma ficha de candidatura – application form – em que para além de conter a informação normal de um CV, tens de dar o nó ao cérebro e dizer porquê que te estás a candidatar e mostrar como é que a tua experiência corresponde aos critérios que eles procuram (explicando ponto por ponto)! Mas o que custa é a primeira…depois tornas-te pro!;)
        Espero ter ajudado e qualquer coisa comunica!:)

  4. Olá Ana
    O meu marido está a pensar em se candidatar para trabalhar ai em Inglaterra para motorista de transportes publicos, poderias indicar o nome de algumas empresas dai pois não sabemos por onde começar nem os sites mais seguros.
    Obrigada

    1. Ola Maria,

      Aqui os transportes não são públicos, é tudo privado. Pode tentar arriva e stagecoach são da minha região. De outras regiões não sei.

      Boa sorte!

    2. Ola Maria do Ceu eu aqui tambem sou condutor de transportes publicos trabalho na TRANSDEV as Comp. sao todas privadas mas ha muitas e se o seu marido ja tiver a carta de transporte publico Portuguese pode sempre e deve trocar pela Inglesa caso queira vir para aqui trabalhar, com a carta na mao as probabilidades de arranjar emprego nessa area sao bastante boas, ha 3 sites bastante bons onde podes encontrar milhares de empregos para todas as areas e para todas as idades, procura no GOOGLE: Jobcentreplus, HR Jobs, UK Jobs.
      BOA SORTE!

      JOSE ROCHA

      1. Olá José, um motorista de transportes publicos com 8 anos de experiência, quanto poderá ter de salário?

        Obg 🙂

  5. Ola Ana, eu estou seriamente a pensar em ir para ai trabalhar. tenho uma menina de 5anos.! mas nao sei como fazer, onde me candidatar, eu nao tenho nenhum curso superior. Falo mais ou menus ingles, quando falo com alguem sintome envergonhada.! sera que me podias dar alguma dicas? tenho uma pessoa amiga em nottingham ele diz que esta mau de trabalho, devido a muita procura e ao excesso de polacos a trabalhar….. Nao sei se devo arriscar :S. Obrigada

    1. Ola Adriana,

      Não lhe consigo dizer mais do que aquilo que já escrevi aqui no blog. Veja os artigos mais vistos, pode ver no lado direito do blog. Pode ser que a ajude.

      Boa sorte!

    1. Ola Luís,

      Eles não têm um tipo de cv. Cada um faz o seu à sua maneira, só sei que não gostam do europass. Vai ao meu artigo Arranjar emprego em Inglaterra – CV, dou um exemplo lá. Se fores ao reed.co.uk também têm lá vários exemplos.

    2. Olá Ana,
      sou professora de Física e Química.
      Achas que consigo arranjar emprego em inglaterra?
      Obrigada.

      1. Ola Ana,

        Penso que para ensinar aqui tem de fazer um curso antes e ser fluente no inglês, claro. Acho se procurar anúncios para a professores pode ver se pedem que tenha um curso qualquer, normalmente pedem lá.

        Boa sorte!

      2. Como e’ para arquitectos? E’ facil arranjar emprego? Mesmo sem muita experiencia, junior. Alguem na area sabe o melhor site para procurar?

        Obrigado.

      3. Obrigada Ana, vou tentar melhorar o meu inglês. Entretanto pode dizer-me se consigo arranjar uma casa, tipo T0 por uma preço acessível? As rendas das casas em Londres são muito caras? tenciono começar a trabalhar numa outra área, e só depois começar a procurar emprego em escolas.
        Obrigada.

  6. Olá Ana. eu e uma Amiga estamos a pensar em irmos Para Londres. Estamos um pouco receosas porque na realidade, Não vamos Com emprego certo e nao Sabemos Bem para o inicio onde podemos ficar , de forma a que nao gastemos muito ate organizarmos a nossa Vida. Vou deixar o email se me puder dar umas Dicas. como Hostels etc… Obrigada!

    1. Ola Ana,

      O que aconselho é reservaram quartos nos hosteis em sites que sejam seguros, como booking.com, hosteis.com, hoteis.com, expedida, skyscanner, etc. Todos estes sites que tens a certeza que existem estes hosteis. Por vezes em outros sites põem hosteis fantasma que quando chegas lá não existem.

      Boa sorte!

    2. Olá Ana. sou portuguesa e estou em londres sozinha e à procura de trabalho. se puder dizer-me alguma coisa para o meu mail: neuzap@sapo.pt, agradecia-lhe. É sempre bom ter alguém português nesses momentos ao nosso lado.
      Obrigada.

  7. Olá Ana
    Pelo que entendi fizeste o teu curso intensivo de inglês já em Inglaterra. Podes dar-me referências de escolas? Obrigado

    1. Ola Pedro,

      Eu fiz o curso no concorde international. Não sei se existe só na minha cidade ou noutras. Gostei da escola, aprendi imenso mas não diz nenhum exame final. Desde que Sabias falar bem, aqui não se importam se tens exame de inglês ou não.

      1. Olá ana Como esta Espero que bem . Recebi hoje um email De um Hotel ,para qual enviei o meu curriculo chama se Haymarket Hotel. Recebi uma resposta que avaliaram o meu curriculo , enviaram me um Formulario e que facilitam a ida e o numero de Segurança Social Pode me Ajudar se eventamente será Fraude???
        obrigada

      2. Ola Ana,

        Nesse formulário não podem pedir detalhes da tua conta bancária, se pedirem claro que é fraude. Pedirem o número de seg social é normal, se eles quiserem saber se vives mesmo no reino unido. Às vezes pedem quando nos escrevemos nos sites para candidaturas. A mim só me pediram quando assinei contrato.
        Tens de ver é que tipo de facilidade eles falam. Se te pagam às viagens é estranho e acredito que seja fraude. Se estás com medo, pergunta sempre antes de dizeres alguma coisa.
        Eu não sei de toda a história por isso é difícil dizer-te alguma coisa.

      3. Nao , Eu Li mal. Eu pesquisei ja o Hotel e de Facto existe é no Centro de Londres . as Vantagens que dão é facilitarem nos a tratar Dos documentos mal Chegarmos a Londres. de Resto o Formulario era so sobre os meus conhecimentos Pessoais 🙂
        Obrigada Mais uma Vez ana,

  8. Olá Ana chamo-me Ana também e estou a pensar ir para Inglaterra para fazer a faculdade já acabei o secundário contudo preciso de um trabalho para pagar o Isol Course no College para aprender o Inglês. Acha possivel sem saber muito bem a lingua arranjar emprego nem que fossenas limpezas para receber algum para pagar o curso ? Nao me entendo muito bem com blogs se possivel pode deixar-me uma mensagem no meu mail ? obrigada e parabéns pelo blog está fantastico . kikahhh_xD@hotmail.com

  9. ola Ana,questiono me se será assim tão simples a taxa de desemprego em UK está 7,8% mas estou mentalizado a ir já que não encontro nada aqui.MEU inglês é bom tenho o secundário fui téc ferramentas, soldador e carta de veículos pesados de mercadorias mas queria qualquer coisa limpeza lavar pratos …..algumas dicas sobre o mercado de trabalho aí?
    reponda para htfl12@gmail.com
    obg Hélio

    1. Olá Hélio,

      Há muitas pessoas na sua situação e sim há bastante desemprego para quem não tem um curso superior mas não custa tentar. Aqui a situação é melhor do que em Portugal. Envie CVs e veja se obtém respostas, não sei quando às ofertas na sua área.

      Boa sorte!

  10. Olá Ana! Espero que esteja tudo bem com o seu trabalho.
    Queria pedir-lhe alguns “pontos de referencia” e ajuda, se isso for possível.
    Tenho 18 anos e para o ano vou entrar numa universidade britânica, já aí estive também a fazer um curso de inglês devido ao exame que requerem para as universidades.
    Entre Abril ou Maio deste ano queria ver se me mudava para Inglaterra (apesar da universidade só começar em Setembro) para me ambientar, socializar e começar a ser mais independente, e daí querer arranjar um trabalhinho.
    Como acabei o secundário o ano passado, o unico “trabalho” que tive foi somente dois meses como estagiária num hospital em Lisboa, daí não ter qualquer experiência de trabalho mais.. profissional.
    Procuro apenas alguma coisa como uma loja de roupa ou supermecado, mas penso que vá ser bastante dificil pelo facto de não ter experiência. De qualquer forma quero começar a enviar CVs.
    No meu secundário, também só me deram a conhecer o europass, e portanto devia mudar para algum modelo em especial, ou fazer o meu próprio? E sabe-me dizer onde haja ou mesmo se há uma base de dados ou assim que apresente esse tipo de empregos, ou alguém que eu possa contactar que tenha acesso aos mesmos e me possa ajudar?
    Muito obrigada desde já!
    Felicidades, Susana Costa

    1. Olá Susana,

      Se leres o artigo que publiquei sobre CVs vai ajudar-te a escrever o CV: .

      O melhor é enviar o CV para as lojas e restaurantes. Eles recrutam através do site deles e se forem espaços mais pequenos tens de lá ir pessoalmente. Se não conheces lojas e restaurantes na cidade onde vais, faz a pesquisa no google.

      Boa sorte!

  11. Boa noite,

    antes de mais, deixa-me felicitar-te por o teu blog, e agradecer a ”ajuda” a quem está a tentar também mudar o rumo da sua vida. Eu pertenço a esse leque de pessoas :).

    Felizmente a lingua para mim não é um problema, aliás, antes fosse. Acho que tenho uma dor de cabeça maior, sou pai solteiro, e como se nota, em Portugal, é uma pedra no sapato, para afundar mais depressa. Por isso decidi que aqui não é lugar para estar com a minha filha, até mesmo porque o futuro não parece nada animador. Ela tem 3 anos, a 6 meses de fazer 4, e eu tenho intenções de ir com ela para Inglaterra. Já várias pessoas me disseram que se fosse de imediato com a bebé, me ajudariam a arranjar uma casa, um emprego, e uma escola para ela. A minha ideia desde o inicio, era ir, arranjar-me por aí, e depois vir buscá-la. O que me recomendas? Podes me explicar +/- como funcionam essas coisas por aí para pais solteiros?

    A nível de escolaridade, eu tenho o 9º ano completo, tenho 22 anos, tenho tempo de fazer o 12º mas neste momento é-me quase impossível. O meu nível escolar vai ser um problema para arranjar emprego em Inglaterra?

    Muito obrigado pela ajuda, aguardo resposta.

    Nuno.

    1. Olá Nuno,

      Aqui ajudam mães/pais solteiros. Tenta arranjar um emprego em Inglaterra e casa e vai ao council na região e pede ajuda finançeira e eles ajudam-te. Aqui não se paga nada pelas escolas e são capazes de te pagarem o infantário para a tua filha.
      Aqui também há desemprego e é mais difícil para quem não tem um curso superior mas muita gente consegue arranjar emprego. Não se ganha tão bem mas dá para viver. Envia CVs para agências de recrutamento e quando conseguires emprego tenta resolver as coisas antes de levares a tua filha, é mais seguro. Eles informam-te sobre tudo lá.

      Boa sorte!

  12. Olá Ana..também me chamo Ana, moro no sul do Brasil 😉
    Antes de mais nada, quero agradecer-te por ser tão prestativa em ajudar pessoas como eu que estão cheias de dúvidas e angustias..
    Meu noivo(marido daqui 3 semanas) irá fazer o doutorado integral em Uxbridge, na Brunel University…mas estou preocupadíssima com dinheiro. Eu não sei NADA de inglês, então demora até trabalhar..ele óbviamente é fluente e irá receber uma bolsa de 1050 libras..tenho medo quanto aos gastos mensais tendo em vista que o aluguel (na propria universidad) será de 500 libras. Qual é em media o gasto de um casal na Inglaterra? Obrigada e espero que consiga me ajudar. Beijos beijos e sucesso na tua jornada sempre! Ana

    1. Olá Ana,

      Muitos parabéns pelo casamento!
      1050 libras para duas pessoas é pouco. Mas se só pagam 500 libras para vocês os dois para a casa é bom porque aqui as casas são bastante caras. Penso que conseguem viver com o resto do dinheiro (500 libras) por mês para comida e resto das coisas. Caso não tenham de pagar mais nada para a casa. Claro que não conseguem fazer uma grande vida mas dá para viver. Semanalmente gasta-se 50/60 libras para comida.

      O inglês vai com o tempo, depois de se viver cá aprende-se rápido.

      Boa sorte!

  13. Ola Ana, o meu nome é Nelson moro em Portugal com os meus pais tenho 30 anos, e não tenho emprego.
    Tenho o curso de electromecânica, gostava de ir experimentar uma nova vida num outro lugar achas que com o meu curso que se arranja alguma coisa para Inglaterra, tipo em fabricas hotéis etc.
    Deixo o meu email depois adiciona-me para falarmos melhor, pinheiro2011mangas@hotmail.com.

  14. Olá Ana !
    Antes de mais e como toda a gente, há que dar-te os parabéns pelo excelente e gratuito trabalho civico que estás a dar a tanta gente!! è mesmo de louvar.Parabens tambem por teres conseguido melhorar a vida indo para ai.
    Eu estou desempregadatenho 29 anos e tenho uma filha de 4 anos…
    O marido trabalha aqui no aeroporto de lisboa na parte da carga aerea.Mas não está a dar para viver todos os dias são de sobrevivencia. E como todos quero uma vida melhor , principalmente para a minha filhota. Eu também so tenho o secundário, e percebi pelos posts que li que as lojas e cafés pedem pessoas . Acontece que tenho pouca experiencia de lojas , so trablhei duas vezes nesse ramo e foi a curto prazo.. Tenho mais experiencia na area Administrativa. Nos ultimos 5 anos fui Administrativa num escritorio. Mas se me aceitarem eu queria muito qualquer coisa nao tenho medo do trabalho.
    As minhas duvidas recaim mais pelo seguinte:
    A area do meu marido é mais Aeroportuaria (handling), como poderia ele encontrar emprego nessa area? Conheces algum site?
    Se levar a minha filha como posso fazer para coloca-la na escola?
    Pois se temos os dois que trabalhar tenho de a deixar na escola ne?
    Podes dar-me umas luzes??
    Obrigada pela atenção

    1. Ola Joana,

      O seu marido pode procurar emprego nos aeroportos em Londres, como heathrow, Luton or gatwick. Se for aos sites deve conseguir ver as ofertas.
      Para a sua filha acho que ela pode ir já para a escola primária, aqui começam mais cedo. É uma questão de perguntar na escola. Se ainda não a aceitarem, acho que ajudam-na com as despesas caso o salário dos 2 for inferior a um certo valor.
      No seu caso é inscrever-se nas agências de recrutamento, que já mencionei por aqui e enviar CVs para empresas.

      Boa sorte!

      1. ola ana! Como nunca e demais felicito tambem pelo seu blog.
        Bem sempre idealizei um dia poder trabalhar para inglaterra,e visto a condiçao do nosso pais e a falta de trabalho era um bom momento para ixo.Vejo aqui gente a procura de emprego mas todos com estudos,a verdade e k eu tenho apenas o 9ano, tendo 10 anos de trabalho como serralheiro civil trabalhei tambem numa fabrica e nos transportes(distribuiçao) tendo apenas necessidade de carta de ligeiros.Sou casado e tenho um filho pequeno apenas com um ano e meio.Seria possivel eu conseguir trabalho em inglaterra nestas condiçoes? k precisaria de fazer ? E como tratar de todos os assuntos de mudanças nomeadamente alojamento etc. agradeço atençao e aguardo resposta. Abraço

      2. Olá Henrique,

        Se pesquisar no google por ‘Recruitment agencies UK’ aparececem-lhe imensas agências. Foi da maneira que descobri. Depois inscreva-se e também começa a ter uma ideia de empresas que recrutam para a sua área.
        Podem sempre pedir ajuda ao estado caso os vossos salários sejam baixos. Aqui ajudam a pagar a casa e o infantário. Para pedir esta ajuda tem de ir ao Council da região onde reside. Não tem de tratar de documentos em Portugal, só mesmo ir a entrevistas em Inglaterra e arranjar emprego. Para alojamento deixo-lhe o site rightmove.co.uk. Aí pode ver o preço das casas.

        Aqui há também muito desemprego e principalmente para quem não tem um curso superior mas conheço muitas pessoas que conseguiram emprego, por isso não custa nada tentar.

        Boa sorte!

  15. Olá Ana,
    Chamo-me Claudia, sou brasileira, enfermeira, 52 anos, vivo e trabalho em Portugal há mais de 20 anos. Tenho igualdade de direitos (não tenho cidadania portuguesa, mas posso requerer sem problemas de me ser atribuída). Sou funcionária do Estado e trabalho na área dos cuidados de saúde primários (centro de saúde).
    Como sabe, o país enfrenta uma grande crise económica e social, o que nos empurra para fora, em busca de novas oportunidades. Sei que tenho emprego seguro, ao contrário de outros milhares que vivem na precariedade e sem perspectivas de dias melhores.
    Tenho 1 filho na universidade, que tenciona sair de Portugal logo termine o curso (e um dos países que oferece boas oportunidades de emprego e ascensão profissional é a Inglaterra) e 1 filha no 10º ano de escolaridade (área de artes), que se realmente seguir o que pretende, vai engrossar a triste estatística portuguesa do desemprego.
    Tenho amigos em Stafford, que embora sejam brasileiros, tem cidadania sueca, pois viveram cerca de 8 anos naquele país.
    Embarcamos no dia 24 Dezembro p Stafford, com o objectivo maior de obter informações sobre as possibilidades de mudança para a Inglaterra.
    A minha maior dúvida é, tendo eu nacionalidade brasileira (apesar de já viver em Portugal há vários anos e de sentir essa terra como minha), teria algum tipo de problemas em arranjar aí um emprego, pelo facto de não ser cidadã europeia?
    Quais seriam os maiores obstáculos para arranjar aí colocação na minha área, tendo eu experiência de quase 30 anos na profissão?
    Os meus 52 anos seriam impecílios para trabalhar aí?
    Quais deveriam ser os meus primeiros passos nessa nova caminhada (tratar da cidadania, tradução de documentos, inscrição na “ordem dos enfermeiros” daí, tentar arranjar 1º um emprego)?
    Qual a região em que seria mais fácil colocação na minha área?
    Sei que os salários aí são superiores aos de cá. Vi em alguns anúncios de emprego que o salário bruto anual na minha área é duas vezes superior ao que ganho aqui, mas não tenho ideia do que se paga em impostos, em aluguel de uma casa, em educação para a minha filha…
    Eu sei que são muitas perguntas, sei que a saúde não é a sua área, mas agradecia muito que pudesse me ajudar a esclarecer alguns pontos obscuros para mim, de forma a que eu possa investir numa mudança que pode se tornar uma aventura positiva ou desistir, tirando de vez essa ideia do meu pensamento, que para alguns dos meus amigos não passa de um grande devaneio.
    Desde já obrigada pela oportunidade de partilhar as minhas dúvidas, os meus objectivos e quiçá a minha “louca aventura”.
    Fique bem.
    Beijinhos.
    Claudia

    1. Olá Cláudia,

      Desde já lhe digo que por ter 52 anos não é problema, aqui dão muito valor a pessoas com experiência e para mais não perde nada em tentar. Não sou da sua área mas deixo-lhe um site http://www.nhscareers.nhs.uk/. É o site do sistema nacional de saúde daqui, pode ver as ofertas de emprego. Sei que em Portugal existem agências que ajudam pessoas da área de saúde a procurarem emprego, às vezes no sapo emprego aparece agências que recrutam para Inglaterra. Aqui têm muita falta de profissionais de saúde por isso é uma boa altura para tentar. Alguém aqui no meu artigo escreveu que para ter equivalências na área de saúde inscreveu-se em http://www.hpc-uk.org/, sinceramente não lhe sei dizer se é realmente necessário. Existem muitos blogs de enfermeiros portugueses em Inglaterra, se fizer uma pesquisa encontra com facilidade e pode conseguir obter respostas mais acertadas.
      Em relação à cidadania, para trabalhar cá precisa de um visa, se fosse portuguesa seria mais fácil. Penso que em todo o Reino Unido é necessário pessoas na área de saúde, não conheço Strafford mas tente na região, se não conseguir tente para outras regiões.

      Em relação a casa pode ver em: rightmove.co.uk. Aqui paga-se 20% de imposto até £ 40.000 (salário anual), depois a partir daí paga-se mais (30%, 40%). Não há subsidio de férias e Natal.
      Aqui não se paga nada para estudar até ao ensino superior. Não se paga livros, são da escola e penso que só deve comprar o uniforme. Aqui a escola secundário é diferente por isso não sei como seria para a sua filha se adaptar aqui. Aqui não escolhem uma área mas sim disciplinas e fazem exames para essas disciplinas. Pode ter alemão e química ao mesmo tempo. Era uma questão de perguntar na escola como seria. Aqui é muito caro estudar na Universidade, aumentaram os preços este ano, pode ir até £ 9.000 anuais, existem ajudas (empréstimos do estado) mas não lhe sei dizer até quanto pagam, tudo depende dos seus rendimentos. No final dos estudos a sua filha terá de pagar uma percentagem do seu salário quando estiver a trabalhar. Não é muito dinheiro e só paga se estiver a trabalhar.

      Espero ter respondido a todas as suas perguntas.

      Boa sorte!

      1. Olá Ana
        Muito obrigada pela sua atenção e disponibilidade. A sua resposta foi muito esclarecedora e útil. No momento preparo-me para embarcar para Stafford de férias, mas com o objectivo maior de me familiarizar com o estilo de vida inglês. Apesar de ser por um período curto de tempo, o facto de estar com amigos que já vivem aí há muitos anos, vai de certeza me ajudar a sentir como é o dia a dia. Em relação à mudança definitiva, muito caminho tenho ainda que percorrer, mas vou fazê-lo com a muito mais vontade de transpor as dificuldades. Já fiz uma mudança radical uma vez, há 20 anos atrás, qdo saí do Rio de Janeiro rumo à Aveiro.
        Mais uma vez, obrigada e parabéns pelo apoio que dá às pessoas que como você optaram por realizar sonhos.
        Beijinhos.

  16. Olá Ana, peço desculpas por ser mais um a incomodar, acredito que levas uma vida muito preenchida e apesar disso estás sempre que possível na disponibilidade de ajudar os outros, nos dias de hoje isso é raro. Sou arquitecto com alguma experiência, visto que as coisas por cá não estão nada bem, apesar da minha condição de “funcionário público” gostaria de tentar o Reino Unido. O meu inglês não é bom mas já percebi que com alguma dedicação chega-se lá, gostaria de saber a tua opinião em termos do mercado de trabalho no que diz respeito a arquitectura.

    1. Ola Jorge,

      Para mim é difícil dizer-te como vão as coisas na tua área porque não é a minha. Se fizeres uma pesquisa nos sites que já menciona em outros comentários e em posts podes ver se existem muitos anúncios ou não. Desculpa não poder ajudar.

      Boa sorte!

  17. Olá, Ana.
    Tenho 21 anos, moro em Portugal e neste momento não tenho emprego.
    Sempre quis sair do país e um dos meus maiores sonhos sempre foi ir para Inglaterra, estudar música, porém, tal como tu, as minhas professoras não foram as melhores, mas percebo tudo o que me dizem, sei escrever, só que, a falar, tenho imenso medo de errar, logo ,tenho de parar algum tempo para pensar.
    Como disse, eu tenho 21 anos e o meu namorado tem 19. Os tios dele moram em Cardiff à 20anos e, ambos pensamos, seriamente em ir viver para lá.
    Quando formos para lá, queríamos ter uma casa nossa, mesmo que esta seja alugada, daí estarmos a juntar dinheiro, só não sabemos quanto dinheiro é que teríamos de juntar.
    Queremos, se tudo correr bem, em 2014 já estar a viver em Cardiff.
    Não me importo de trabalhar, inicialmente, nas limpezas ou no que for preciso.
    Sei que, ao ir para Inglaterra o meu inglês vai melhorar. Neste último mês até tenho estado a falar inglês, a escrever, e muitas coisas das quais eu pensava que não sabia já me saem normalmente.
    As minhas questões são … quais as papeladas a tratar para ir viver para Inglaterra e quanto dinheiro é ”necessário” levar?
    beijinhos

    1. Ola Sara,

      A única coisa que tens de fazer é inscrever-te na segurança social daqui. Não precisas de fazer nada em Portugal.
      Em rightmove.co.uk podes ver os preços das casas mas no primeira mês para 2 pessoas vais gastar 2000 libras (caução mais renda). Eu aconselhava-te juntarem no mínimo 5000 euros pelos 2. Parece muito mas não te esqueças que o euro vale menos e para garantir 2 meses caso não encontrem emprego logo. Eu juntei 3000 euros antes de vir.

      Boa sorte!

  18. Olá Ana!!
    Antes demais Parabéns pelo blog!
    Li a tua história e parece-me que me encontro mais ou menos na mesma situação que tu quando te aventuraste, só não tenho namorada inglesa;)..
    Tenho 29 anos, sou Engenheiro Civil e gostaria de me aventurar por terras de sua majestade. No entanto, tenho alguns dúvidas quanto ao estado de empregabilidade na minha área? O estado do meu Inglês diria que é razoável, embora não fale diáriamente, e a ir para Inglaterra iria por minha conta.
    Pela tua experiência, gostaria que me desses alguns conselhos e algumas respostas também?
    Obrigado e boa sorte por aí;)

    1. Olá Rui,

      Penso que podes ter possibilidades em trabalhar em Inglaterra, fazer uma página no Linkedin e podes ver se pedem eng. civis e ficas a conhecer empresas que existem aqui. Sei que pedem sempre engenheiros para empresas de petróleo e gás e normalmente aceitam de todas as área de engenharia mas talvez não seja o que exactamente queres. Envia CVs para todo o Reino Unido e espera por telefonemas, o importante era pôr uma morada inglesa e número de telemóvel inglês.

      Boa sorte!

  19. Olá Ana o meu nome é Filipa. Sou portuguesa e estou a pensar ir para Londres em Janeiro, juntamento com o meu marido.
    Eu sou professora, ele tem formação na área de recursos humanos e vendas. O nosso inglês não é fluente, temos um inglês médio e sabemos que para começar e melhorar a língua estamos dispostos a fazer outras coisas.
    Gostaria de saber a vossa opinião sobre qual o melhor sítio para viver em Inglaterra, pois queriamos fugir ao centro de Londres e quem sabe ir para um sitio mais calmo mas não sabemos se a nível de trabalho depois encontraríamos alguma coisa. Qual acham que seria o melhor sítio? E o que acham da zona de Surrey, Bristol e Godalming?
    Agradeço a ajuda

    1. Olá Filipa,

      Desde já aconselhava que tentassem a vossa área primeiro, o meu inglês também não era bom e consegui na minha área. Aconselhava que o seu marido criasse uma página no Linkedin para procurar emprego, é uma óptima forma. Para ser professora aqui penso que tem que tirar um curso que eles têm aqui, normalmente todas as escolas pedem mas é uma questão de ver os anúncios.
      O norte de Inglaterra é mais pobre mas mais industrial. Quanto mais perto de Londres mais caro é. Eu aconselhava tentarem para qualquer sitio em Inglaterra e logo verem se chamam para entrevistas. Vejam onde existe mais procura na vossa área e tentem lá.

      Boa sorte!

  20. olá Ana chamo-me Cheila, antes de mais agradeço por ter encontrado este site, pois gostei imenso dos comentários que encontrei e da forma como ajudas tantas pessoas. Eu estou com ideias de me aventurar juntamente com o meu marido para INGLATERRA, à procura de uma melhor vida, pois estamos os dois desempregados em princípio nos meados de Janeiro vamos uma semana a Londres tentar arranjar trabalho eu percebo e falo moderadamente o inglês. Sou formada em geriatria,mas já trabalhei em hotelaria como camareira e em limpezas. O meu marido tem carta de condução profissional de mercadorias e já trabalhou em fábricas e limpezas agradecia que me informa-se para o meu mail- cheilaneto5@gmail.com como hei de fazer para conseguir arranjar trabalho e onde arranjar um quarto barato para uma semana, obrigada espero por uma resposta sua.

  21. olá! Ana
    Meu nome é cristina eu gostaria de pedir -lhe uma opinao sobre a minha situação.
    De momento estou desempregada, tenho 12 ºano curso de tecnica de accao educativa mas ja fiz varios outros trabalhos pois na area de educacao não é fácil ,por isso o meu ultimo trabalho foi de limpeza, enfim tenho algumas experiencias desde caixeira entre outros , entendo bem o ingles e falo moderadamente gostava de puder sair de portugal e tentar no R.U, mas não sei como hei-de enviar o meu curriculo, eu ja estive a passar férias perto de Londres (Vitória) e gostei obrigada se puder-me esclarecer de alguma forma.

  22. bom dia Ana desculpe de incomodar mas gostaria de saber como ir para Inglaterra pois estou sem trabalho e daqui a pouco estou a dormir na rua preciso de alguém que me de a mão pois preciso urgentemente de trabalhar tenho 2 filhas que ficão com os meus pais tenho 43 anos e sei trabalhar na cozinha e nas limpezas. se me pudesse arranjar trabalho para eu ir pois o dinheiro e pouco ou nenhum agradecia muito obrigado o meu email ..celiamartins1969@hotmail.com

    1. Olá Célia,

      Gostava mesmo muito de poder ajudar mas não consigo. Na minha empresa não precisam de ninguém e nem conheço ninguém que precise. O que aconselhava é inscrever-se numa agência para limpezas e restaurante. Eu sei de um site de uma agência de recrutamento que as pessoas que trabalham na minha empresa usaram. Tem um pouco de tudo. Pode ser que encontre alguma coisa: http://www.hrgo.co.uk. E depois há também outros sites que já deixei aqui. Faça uma pesquisa na internet e tenho a certeza que vai encontrar alguma coisa.

      Se souber se alguma coisa escreverei no meu blog.

      Boa sorte!

      1. Olá Ana,
        Antes demais Parabéns pelo blog, está fantástico.
        Tal como tu aventurei-me em terras de sua Magestade e adoro! Foi o melhor que fiz.
        Depois de ter lido alguns comentários a pedirem ajuda, tomei a liberdade de invadir este teu espaço. Pode ser que ajudemos alguém!
        O mail da empresa para quem trabalho é apf_solutions@email.com e está a recrutar funcionários.
        Se eu poder ajudar em alguma coisa este é o meu email: beacaf@hotmail.com
        Continuação de grandes aventuras e Parabéns pelo noivado!

      2. Ola Beatriz,

        Ainda bem que estás a gostar de viver em Inglaterra, custa no início mas Inglaterra é um óptimo país para se viver.
        Obrigada pelo e-mail. É bom que outras pessoas partilhem experiências e deixem dicas aqui.
        Obrigada.
        Espero que continue a correr tudo bem 🙂

    2. ola deixo aqui o meu comentario sabe alguma coisa de ingles ?
      falar entender ? porque sem falar e entender ingles tera que procurar uma zona especifica onde tem muitos portugueses ,e que ,tenha algum portugueses trabalhando na agencia de trabalhos ,pergunte onde ha uma zona com muitos portuguesses e que tenham acomodacao e mais facil ,numa zona de fabricas,ou 8 horas de limpeza por dia .tenta saber qual e a zona que tem mais portugueses ai tera mais suporte da parte deles, expeerimente na zona de Nottingham,Lincoln,secalhar Londres.

  23. Olá Ana
    É de lovar a tua prestação. Assim venho agradecer o pois fiquei esclarecida de muitos assuntos. Pretendo no futuro ir para Londres o que possivelmente irei pedir a rua coloboração. Neste momento ainda tenho trabalho em Portugal mas necessito de eveluir expandir.
    Tambem o mais provável com a crise entrar no desemprego.

    Muito obrigada por esta prestação Civica, no que eu poder ajudar estou ao dispor.
    Vivo perto do Porto , Paredes.
    Um grande abraço e as maiores felicidades

    Fernanda

  24. Ola Ana estou a pensar ir para inglaterra trabalhar, e inicialmente n me importo de trabalhar num restaurante ou supermercado, mas como sou licenciada em saúde tenho o objectivo de encontrar emprego na minha area. E espero q um periodo inicial num trabalho qualquer me dê tempo pra enconntrar o q pretendo. Já saí do país uma vez mas pra muito longe, Moçambique, Agora prefiro ficar na europa por nao me querer afastar tanto de casa. N tenho contactos em Inglaterra, mas tb n os tinha em Moçambique e lá consegui.
    Se tiveres alguma informaçao que me possa ajudar agradeço mto.
    Deixa-me ainda agradecer a tua disponibilidade em ajudar os demais com o teu site.
    Obrigada

    1. Olá Linda,

      Penso que deves tentar logo para a tua área. Tenta sempre primeiro o que tu queres e depois de vires que não consegues procura noutras áreas. Sei que existem várias agências para ajudar pessoas a encontrar emprego fora do país para a área de saúde. Como não sou da área não te sei dizer quais são mas se pesquisares na internet deves conseguir encontrar agências de recrutamento. Há muitos blogs de enfermeiros que vieram para aqui, pode ser que eles te digam as agências. Eles aqui querem pessoas da área de saúde por isso acho que podes conseguir encontrar alguma coisa na tua área.

      Boa sorte!

  25. Boa noite Ana,

    Gostaria de falar consigo por e-mail, se possivel diga-me qualquer coisa para : claudia.sofia93@hotmail.com

    Tenho quase 20 anos, e queria mudar-me para inglaterra, precisava de algumas dicas, se possivel falavamos por e-mail e esclarecia-me algumas dúvidas.

    Obrigado e aguardo por uma resposta.

    Cláudia Machado

  26. Olá,

    é possível enviar CVs de Portugal com mobile +44 mas com morada em Lisboa e eles chamarem para entrevistas?
    Ou só dão mesmo crédito a quem já mora aí???

    Obrigado.

    1. Olá Francisco,

      Eles preferem quem já mora aqui mas tenta enviar alguns CVs só com o número de telemóvel. Eu nunca tentei por isso não sei se funciona.
      Se trabalhares em Portugal e quiseres mudar de empresa e enviares um CV no Linkedin eles podem querer fazer uma entrevista contigo.

      Boa sorte!

      1. Olá, eu vou tentar fazer isso. Tenho já um número inglês e tenho CV em inglês. Há algum formato ideal para CV para arranjar trabalho em London??

        Se gerar o CV do Linkedin é boa ideia?

        Outra coisa, se u arranjar e tiver de marcar viagem para ir a entrevistas qual é a melhor maneira para ficar uma semana ou uns dias a dormir em London sem pagar muito???

        Obrigado desde já.

      2. Francisco,
        Desde já peço desculpa por não ter respondido logo. Só vi hoje que tinha deixado outro comentário. Por vezes tenho tantas pessoas a deixar comentários que me perco um pouco.
        Em relação ao CV, escrevi um post sobre isso em Arranjar emprego em Inglaterra – CV.
        A forma mais barata é fazer couchsurfing, ficar em casa de outras pessoas que disponibilizam a casa. Depois quanto mais fora de Londres mais barato, vê pensões no booking.com. Não vas por sites estranhos.
        O linkedin é um bom sítio, aconselho.

        Boa sorte!

      3. os custos aqui sao 30 libras por noite ou 100 libras por semana isto e quartos e areas fora de Londres .depois tem 200 libras de entrada .que e deposit.um quarto casa nem se fala custos muito altos em londres.

      4. Ola Ana, ola a todos!

        So vim aqui dizer que estou no meu terceiro dia de trabalho em London! Vim de Portugal com emprego garantido. Entrevistas via Skype, entrevistas live aqui e passado duas semanas aqui estou eu! E possivel! Acreditem e dediquem-se!!

        Cumprimentos a todos!

      5. Parabéns! Fico muito feliz por ti. Boa sorte no novo emprego. Tens razão, se uma pessoa se dedicar consegue, é preciso acreditar e pôr muitas horas no que queremos.

  27. Olá Ana, que bom seria que todas as pessoas tivessem essa tua boa vontade de ajudar. Eu tenho umas questões. Existe alguma hipótese de eu obter o Insurance Number estando em Portugal, através do Consulado ou outro órgão britânico? Acredito que isto é a base para iniciar minha vida aí correto? Tenho me sentido muito pequenina visto que aqui a maioria tem licenciatura, e eu apenas concluí meu 12º ano. Que chance teria eu de trabalhar em Inglaterra? Já aí estive 3 vezes a passeio e conheço Londres, Oxford, Southampton, Bexhill…eu simplesmente AMO este país e todos os dias eu sonho em viver aí. Que oportunidades de trabalho teria eu? penso em trabalhar por exemplo em secções internas de supermercados, etc…Eu “sei” inglês mas ainda não me considero apta para enfrentar o público cara a cara. Eu tenho uma veia aventureira mas gostaria da tua sincera resposta, se achas que eu tenho qualquer chance de emprego aí, tendo apenas o secundário concluído. Um forte abraço e obrigada pelo tempo que dedicas a este cantinho. God bless you =)

    1. Ola Jessica,

      Penso que não te devias preocupar para já com o IN. É fácil conseguires um se vieres para Inglaterra porque só podes pedir provando que vives em Inglaterra. Não sei se podes pedir através do consulado.
      Não custa nada tentares, há muitas pessoas aqui na mesma situação do que tu. Há muitas lojas que estão sempre a pedir pessoas. Deixo-te alguns nomes: Tesco, morrisons, sainsburys, next, Zara, mango, h&m, clarks, aldi e tantas outras marcas. Há cafés também como Starbucks, costa, prett, carluccios, nandos (restaurante português). Para procurares mais podes ver em reed.co.uk ou pesquisa na internet stratford shopping centre e aí podes ver as lojas e restaurantes que existem aqui.
      Convém é teres uma morada e Telemovel inglês.

      Boa sorte.

  28. ola Ana adorei este site gostaria de saber se me podes ajudar , sei que ha uns trabalhos em inglaterra em novembro para embalar perus sao por pouco tempo tipo um mes mas n sei onde me informar, vivo em portugal mas gostaria mt de fazer algo assim só para ganhar algum dinheiro. Obrigada

    1. Ola Elizabete,

      Penso que podes encontrar na internet agências de recrutamento para essas áreas. Não te sei dizer que agências são porque não é da minha área.
      Só conheço esta empresa de fruta http://www.newmafruit.com/. Sei que chamam logo.

      Desculpa não poder ajudar mais.

      Boa sorte!

  29. Bom dia Ana,

    Tenho 22 anos e ando a procura de trabalho. procuro algo na área dos transportes pesados/ligeiros de mercadorias, mas sei que sem experiência e a conduzir num pais que anda ao contrario do nosso torna-se complicado encontrar trabalho. Actualmente trabalho num posto de combustíveis como abastecedor, mas não é de todo a vida que escolhi para mim. vi que aconselha a ter um numero de telemóvel inglês juntamente com uma morada. Tenho família em Inglaterra, mas numero de telemóvel visto não viver lá é-me complicado arranjar. Acha que há alguma possibilidade de arranjar trabalho em alguma área, mesmo não sendo nestas? o meu inglês não é muito bom, principalmente com verbos, mas consigo entender o que me dizem.

    Obrigado
    Tiago

    1. Ola Tiago,

      Se tens família em Inglaterra podes-lhe pedir para te enviar um cartão de telemovel, não se paga nada. Só tens de ter um telemovel desbloqueado. Se tiveres oportunidade em melhorar o teu inglês seria o ideal. O melhor era procurares um trabalho que não fosse importante falar a língua. Talvez em empresas de camiões não seja tanto preciso. Penso que não há problemas em conduzir camiões aqui. Pode-se usar a carta de condução e não é difícil conduzir ao contrario.
      Faz uma pesquisa na internet e tenta, tentar não custa.

      Boa sorte!

  30. Olá Ana,
    Não sei como, encontrei este blog, como sou uma pessoa que acredita que nada acontece por acaso, deve ser essa a razão.
    Ana, gostava de trocar impressões consigo porque estou a pensar sériamente em ir para o reino unido. Tenho 53 anos, fui durante 25 anos quadro superior de uma empresa, estou desempregada há cerca de um ano, mas essencialmente para a minha sanidade mental, decidi suspender o subsidio e tentar a minha sorte nesse país. A pergunta que tenho para lhe fazer e agradeço a sua opinião sincera é a seguinte: É de opinião que uma pessoa com a minha idade, formação, boa apresentação, inglês mediano, tem hipóteses de arranjar colocação? O mais importante para mim é voltar ao activo, a tarefa a desempenhar não é importante.Muito obrigada pela atenção que me dispensou. Desejo que concretize os seus sonhos. adelaidelala@gmail.com

    1. Boa noite Adelaide.
      Estive a ler alguns comentarios e solicitações sobre “Ana”.
      Estou no UK a 8 meses.
      Ja estive para vir a uns anos.
      Estou arrependido de não ter vindo mais cedo.
      A cultura dos britanicos não é como a Portugesa, em que 40 anos ja se esta velho.
      Eles dão valor ao know-how da pessoa.
      Acho que os teus 53 anos, poderiam muito bem ser bem vindos a diversas empresas…
      Se tens um Ingles mediano, – maravilha.
      ESte pais tem muitos milhões de emigrantes, e uma vasta maioria nem ingles basico fala,
      Por que não tentas?
      Falo-te por mim, eu estava em Portugal e recebia o Subsidio de desempregado, e fui daqueles que “Cortei” e vim aqui para UK. – Tenho 40 anos.
      Para te ser sincero, sinto-me mais feliz, e podes pensar que estou a exagerar, mas estes 8 meses que ca estou, parece que ja me sinto com que de cá.

      Cumprimentos.
      Marco

  31. Olá Ana, tudo bem?
    Tenho 22 anos, moro no Funchal (ilha da Madeira) e estou a pensar me mudar para Inglaterra no próximo ano… Tenho um curso profissional de Contabilidade, alguma experiência na area e também como operador de caixa e escriturário! Safo-me no Inglês mas creio que vou ter de fazer um pequeno curso, tenho um problema físico o que aqui em Portugal é super complicado de arranjat emprego! Achas que com tudo isto que lhe disse tenho hipoteses de conseguir iniciar uma vida em Inglaterra?
    Ando também a querer saber quais as zonas mais baratas para alugar casa/quarto e tudo mais!

    Muito obrigado pela atenção, deixo meu mail para me responder

  32. Olá Ana, eu já vivi na Inglaterra, e nessa altura partilhava casa com outros portugueses,neste momento o meu marido está a ir para a UK, a pergunta que tenho em duvida é, o que é necessário para alugar casa (documentação) e mais ou menos quantos meses de caução eles pedem.

    1. Olá Ana,

      Desde já aconselho arrendar casa por uma agência, é mais caro mas é seguro. Há alguns pessoas a roubar pessoas assim. Digo na situação de arrendar só com o seu marido, se for com mais pessoas não lhe sei dizer porque não tive essa experiência.
      Normalmente paga-se 1 mês e meio de caução mais algum à agência (varia de agência). Os documentos é o bilhete de identidade e caso uma das pessoas trabalhe é o suficiente, caso o senhorio concorde. Penso que não é preciso mais documentos.
      Para preços de casas deixo este link: rightmove.co.uk

      Boa sorte!

  33. Olá Ana =)

    É incrível ver quantas pessoas estão na mesma situação que eu e é uma grande coincidência encontrar o teu blog… Quase parece de propósito.

    Comecei a enviar currículos, há 4 dias, para agências para todo o Reino Unido. Ainda bem que vi o teu blog! Vou arranjar o cartão de telemóvel em Inglês e vou tratar da questão da morada. Caso tenha mesmo que me mudar pra Inglaterra, preferia ir para o sul (especificamente, Bournmouth), porque acho que é mais barato que Londres e do que as grandes cidades do Centro. Também preferia estar numa cidade que tivesse aeroporto.

    Concordas que é mais barato?
    Qual é a zona mais barata de Inglaterra?

    beijos grandes e obrigada por estares a ajudar-nos com as tuas informações. bjs

    1. Olá Rita,

      Ainda bem que as dicas que deixo são úteis.
      O Norte é mais barato e quanto mais perto de Londres mais caro é. A cidade mais cara é Sevenoaks e Londres.
      Se queres viver perto de um aeroporto tens de viver perto de Londres, todos são nos arredores. Tens aeroportos mais pequenos fora mas esses não fazem viagens para Portugal ou para a maioria dos países da Europa. Luton é uma cidade com aeroporto e vivem lá muitos estrangeiros, por isso é mais barato do que centro de Londres.
      Deixo um link para veres preço das casas: rightmove.co.uk

      Boa sorte!

  34. Olá Ana. Obrigado por partilhares a tua experiência e responderes ás perguntas com informações úteis.
    Estou a cerca de 1 mês de ir para Londres e ando a tentar obter o máximo de informação. Vi algures (outro site) que para se abrir uma conta num banco é necessário apresentar o contrato de arrendamento do imóvel… se se alugar um quarto isso, na maior parte dos casos, não será possível pois não? É realmente necessário um contrato de arrendamento? Apesar de levar dinheiro e cartão de crédito, sem poder abrir uma conta torna-se complicado…
    Obrigado

    1. Olá José,

      Obrigada, ainda bem que o meu blog é útil.
      É verdade que é preciso mostrar que vives em Inglaterra e também que tens um emprego. É complicado abrir uma conta sem ter emprego. O banco mais fácil para abrir conta é o HSBC. Todos os estrangeiros que conheço têm conta lá.

      Boa sorte.

      1. Quando foi na minha situação não abri antes porque tinha-se de pagar por mês. Pensei que não querias pagar por isso nem me lembrei. Foi falha minha.

      2. Pelos vistos mantem-se – GBP 8 por mês – e é verdade que não queria Ana, mas é um risco muito grande andar com dinheiro.
        Mas esta parece ser a única excepção, segui o teu conselho e fui pesquisar o HSBC.
        Não existem muitas alternativas a esta conta, todos eles exigem residência ou então é para gente COM dinheiro, o que (infelizmente) não é o meu caso.
        Mais uma vez obrigado.

  35. Olá Ana. Antes de mais parabens pela coragem em não perder tempo da tua vida numa procura infrutífera em Portugal (que dores ao escrever isto…).
    Felizmente trabalho, tenho trabalho ao contrário de muitos, mas sinto que pelo que faço e pelas responsabilidades que tenho sou muito mal pago. Imigrar é o passo que se avizinha infelizmente.
    Línguas é a minha área, FR, PT, ING e 1 pouco de Espanhol… Comércio internacional.
    Pela tua experiência, achas que me safava por essas bandas?

    para o me mail please, se possivel..

  36. ola boa noite queria ir mt para inglatera trabalhar mais a minhaa namorada ela ja ai esteve e sabe bem as coisa mas eu nao a lingua para mim e mais dificil para ela ja se safa eu nao ande ande vendo para ir para as oficinas estou vendo que nao e facil gostava de ter uma pequena ajuda para ver como sao as coisa ai deixo aqui o meu emel lopesrolando@sapo.pt mt obrigado para quem me poder ajudar estou mesmo presisando

  37. Bom dia :

    Ana acho a tua experiência positiva e as tuas indicações para quem quer embarcar nesta aventura , são bem realistas e precisas.
    Sou formada em duas áreas bem distintas, Direito e cenografia ( paixão por cake design/ pastelaria), com pos graduação em patrimonio =0 em Portugal , vou seguir os teus conselhos quanto à obtenção de um numero de telemovel inglês e conheço já quem me possa auxiliar quanto á indicação de morada.
    Tenho grande á vontade a expressar-me em inglês e gostava de ter uma perspectiva melhor de vida… mas na realidade ainda não tenho a full picture da realidade economica inglesa…valerá a pena??
    Podes-me ajudar a esclarecer …
    Obrigada
    Bem haja

    1. Olá Alexandra,

      Em Inglaterra as coisas também não vão muito bem mas cá a maioria das pessoas que não têm emprego não tiraram nenhum curso superior. Por isso não perdes nada em tentar. Se fosse a ti fazia um cv para cada área que tiraste licenciatura ou pós-graduação e envia os cvs para as respectivas áreas. No caso do curso de direito acho difícil que consigas porque as leis são diferentes mas tu deves saber melhor do que eu. Com essa licenciatura podes tentar para outros empregos parecidos ou não. Aqui eles valorizam só por teres um curso, podes enviar para uma área que qualquer um com um curso superior pode fazer.

      Boa sorte!

  38. Olá
    Sou a Claudia e vivo em Faro. Quero ir para a inglaterra a partir de Dezembro. ja pedi licença sem vencimento no meu trabalho por um periodo de 3 meses para a fase inicial. falo inglês suficiente e tenho uma prima que vive em Londres há quase 1 ano e tem um apartamento alugado. A minha dúvida é se em 3 meses consigo alguma coisa…como conseguir o insurance number rapidamente? se der a morada da minha prima a senhoria dela pode sair prejudicada?
    obrigado

    1. Olá Claudia,

      Acho que consegues arranjar emprego em 3 meses, eu arranjei em mês e meio na minha área. Tens de te dedicar a tempo inteiro e enviar muitos cvs. Para o IN vais ao job centre plus, fazem rapido, penso que recebi o meu em uma semana.
      A senhoria não fica prejudicada e nem lhe precisas dizer, toda a gente faz isso. Só tens de ter cuidado para onde envias os cvs mas eu nunca tive problemas.

      Boa sorte!

    2. nao custa tentar ,olha se quiseres alguma ajuda da minha parte,conta comigo posso ir contigo por ai ,mostrar te umas zonas ,mostrar te onde te podes increver nas agencias de trabalho ,traz e dinheiro suficiente para o tempo que vais estar a espera , de trabalho e para acomodacao ,prepara ai umas 400 libras para um quarto por mes com tudo incluido , e mais para deslocacoes de transportes ,comida ate te orientares ,aqui vao uma dicas de agencias de trabalhos ,ambitions personnel,travail.adecco,staffline,staffsign,recruitment staff,e outros mais .se estiverem a precisar urgentemente pode ser que comeces no mesmo dia que vais la procurar trabalho se nao teras que aguardar que te chamem.boa sorte ! Tenta o facebook de pessoal portugues na inglaterra pode ser que ajude tambem.

  39. Olá Ana:
    Trabalho na área de Saúde e já concorri ao HCPC, para reconhecerem as minhas habilitações. O processo está quase concluido. Queria a tua opinião sobre o seguinte: segundo a tua experiência, podemo-nos inscrever em agências de recrutamento antes de estar tudo concluido ou eles aceitam antes? Quando nos inscrevemos numa agência, só podemos estar inscrita nessa ou podemo-nos inscrever em várias?
    Agredecia umas dicas 😀

    1. Ola Marlene,

      Eu nao sou da area de saude por isso nao te sei dizer quanto ao inscrever antes do processo estar concluido. Eu nunca tive de fazer algo parecido, simplesmente enviei o meu CV. Tu podes inscrever-te em quantas agencias quiseres, quantas mais te inscreveres melhor, desde que sejam seguras, e’ preciso fazer uma boa pesquisa antes de te inscreveres. Nesta situacao penso que seja igual a todas as areas.

      Espero ter ajudado. Boa sorte!

  40. Olá Ana obrigada por partilhares a tua experiência.

    Terminei recentemento o mestrado em gestão do turismo e gostava de ir p’ro R.U.
    Actualmente estou no WSI para melhorar o meu Ingles. Estou entre os niveis b2 e c1 do europass. Mas além do receio da lingua o meu principal entrave é a falta de experiencia. Pois ainda nao comecei a trabalhar.
    Pelo que pesquiso parece me que até existem várias ofertas para a area de turismo e hotelaria. Gostaria de saber mais sobre os trainees, sabes alguma coisa?

    Se puderes envias-me exemplos do Cv adequado para o R.U. ?

    Obrigada,
    Cátia Rebelo

  41. Olá,
    Eu e o meu marido estamos com dificuldades cá em Portugal e ponderamos em ir para a Inglaterra . O meu marido tem um familiar em Londres e pensa talvez pedir algum apoio inicial . Temos muita vontade mas ao mesmo tempo estamos com algum receio, será que me podia dar alguns conselhos ? Obrigada *

    1. nesta vida nao se pode ter medo de nada confia em Deus e tudo dara certo,tens que ter muita fe a esperanca e a ultima a morrer,no tempo de guerra nao se limpam armas ,ha aqui na inglaterra muitas agencias de trabalho,teem e que falar e perceber ingles ,senao procurem a area que tem mais portugueses nas fabricas e que os supervisores sejam portugueses.na zona de nottingham ,londres ,por ai por essas zonas as coisas aqui nao sao e nem estao faceis mas consegue se .eu estou ca ha 12 anos ,ha na zona de peterborough ha muitos portugueses e tambem e muito trabalho .o principal e a lingua inglesa ,mas tambem ha cursos de ingles e interpretes.peca concelhos a mais pessoal aqui scunthorpe tambem tem portugueses e para os lados de Leeds.espero ter ajudado.boa sorte .

  42. olá Ana…eu sempre quis imigrar para fora e Inglaterra sempre foi um destino possivel, eu sou auxiliar num hospital e num lar e a minha namorada e enfermeira mas algumas pessoas dizem-me que para arranjar trabalho atraves de Portugal é muito complicado tem de ser mesmo estando ai mas como tenho contas para pagar cá não tenho essa possibilidade, será que me podes dizer se é costume recrutarem pessoal de saude ou dares-me algumas dicas pois nao queria sair daqui sem nada certo ai.
    Obrigado e responde para o meu mail

  43. Boa noite

    Eu e o meu marido estamos á procura de trabalho em Inglaterra.Eu sou motorista de transportes publicos,o meu marido trabalha numa fábrica .
    Procuramos trabalho em fábricas, limpezas… o que se arranjar.

  44. Olá, Ana. Queria ir para Londres, mas não sei muito inglês. Tenho a Licenciatura em Gestão mas ainda não consegui nenhum estágio, ou seja, não sei “fazer” nada da minha área. Não sei o que faça. Há pessoas que dizem que é muito difícil ir e arranjar emprego, outras dizem que é fácil… eu sei que aí o custo de vida é mais caro que em Portugal. Eu não me importava de começar a trabalhar em limpeza ou a empacotar alimentos ou algo do género. Ao mesmo tempo que trabalhava também estudava Inglês num curso intensivo para aprender mais e saber falar. Mas como arranjo casa? Pelo que oiço dizer é muito difícil e extremamente caro. Que faço? tenho uma poupança mas não dá para muito. Se não arranjo trabalho não irei conseguir pagar a casa. Como arranjo trabalho para ir para Londres? Responde para o meu mail, se faz favor.

  45. ola eu e a minha esposa queriamos ir para o reino unido mas por mais curriculos que mandamos niguem responde ja li varias vezes que e melhor ter um cartão e uma morada como eu nãotenho nem consigo qual e a cidade que eu consigo arranjar trabalho mais facilmente

    1. Olá Rui,
      A melhor cidade para arranjar emprego seria Londres porque há uma grande oferta e para começar é o mais fácil. Se resolveres mudar para Inglaterra para procurar emprego seria a cidade mais fácil. Caso não queiras te mudar já e se tiveres possibilidades, o melhor era ficares uns tempos em Londres para arranjares um cartão de telemóvel e podes fazer couchsurfing, assim podes pedir para pores a morada da pessoa no teu CV, depois podes regressar a Portugal para enviar CVs, pode ser que te chamem para uma entrevista mas normalmente as empresas não pagam as viagens. Se enviares CVs de Portugal envia para todo o Reino Unido, talvez consigas.

      Boa sorte!

  46. ola sou antonio sou portugues estou em portugal não consigo arranjar trabalho porque dizem que é trabalho infantil já estive em gull trabalhava a noite embalar ertexute séi falar +-ingles procuro emprego tenho 32 anos mas se me verem daume 16 ou17 tenho um irmao de 12 anos e moro com minha mae isto n é vida gostaria de poder arranjar algo para ser alguem da vida,se alguem sober de algo deixo o meu emel ou facebook:antonio121rocha@hotmail.com muito obrigado

    1. Olá António,
      Se queres começar a trabalhar noutro país o melhor seria teres alguém já nesse país para te poder ajudar. Se não conheces ninguém escreve o teu CV em Inglês, podes ver algumas dicas em http://career-advice.monster.co.uk/cvs-applications/free-cv-templates/jobs.aspx?HPS=4_5C3CVTemplate. Aí tens exemplos de CVs e podes usar a estrutura para fazer o teu. Em Inglaterra existem várias empresas que precisam de pessoas para embalar fruta ou outro tipo de alimentos. Seria importante que arranjasses um cartão de telemóvel inglês e ficares na casa de alguém conhecido e pores essa morada no teu CV, assim as empresas chamam-te, caso contrário acho muito difícil que te telefonem.
      Boa sorte, espero que consigas arranjar emprego em breve.

  47. Olá o meu nome é Miriam e estou a procura de trabalho ai no Reino Unido, juntamente com o meu namorado, ele tem uma licenciatura em Engenharia, mas não queria para já exercer devido a dificuldade da língua.

    Estamos a tentar trabalho de fábrica, gostava de te perguntar como achas que devemos fazer, visto que não temos nem morada nem número de telefone inglês e não conhecemos ai ninguém.

    Se me poderes dar umas dicas eu agradecia, e já agora sabes me dizer se os cursos de Inglês intensivos aí são muito caros?
    Cumprimentos

    Miriam Afonso

    1. Olá Miriam,

      A única maneira de conseguirem um cartão de telemóvel inglês é virem a Inglaterra e pedirem um numa loja. Pode-se pedir pela internet mas não enviam para fora do país. Em relação à morada é mais complicado. Se fizerem couchsurfing talvez a pessoa vos deixe pôr a morada no CV. Não sei se sabes mas couchsurfing é um site em que várias pessoas disponibilizam a sua casa para outras que queiram visitar a cidade sem pagar nada. As pessoas comentam por isso sabes se é seguro ou não. Já o fiz e não tive problemas, é preciso saber escolher.
      Acho que na vossa situação o melhor era virem para Inglaterra o quanto antes para aprender a língua, arranjar casa para terem uma morada inglesa e para irem às entrevistas.
      Claro que Londres é uma das cidades mais fáceis para se arranjar emprego rápido numa loja ou restaurantes. Para trabalho de fábrica não te sei dizer. Sei que em Canterbury há uma fábrica de fruta e a maioria dos empregados são estrangeiros.
      Eu fiz um curso intensivo de inglês por 1 mês e paguei 1000 euros. Não é barato, eu tinha aulas de gramática, reading, speaking, writing e listening. O importante não é ter um curso mas conseguir falar inglês. Podem pagar menos consoante aquilo que querem aprender.

      Espero ter ajudado. Se tiveres mais perguntas está à vontade.

      1. OLA ANA PODES SE POSSIVEL ENVIAR ME UMAS DICAS PARA O MEU EMAIL POIS REGRESSEI HA QUASE 2 ANOS MAS PRETENDO VOLTAR MAIS O MEU MARIDO E A MINHA FILHA QUE NASCEU AI EM LINCOLN HA 5 ANOS.POIS O NOSSO MAIOR PROBLEMA E NAO HA TERMOS DINHEIRO PARA RECOMEÇAR PK JA TAO A PEDIR 3 MESES DE RENDA AI SABES DE ALGUM TRABALHO NESSA ZONA ONDE MORAS?O MEU MARIDO TEM LICENÇA DE F.LIFT DRIVER ATE 2013,EU TRABALHAVA EM CLEANNING.OBRIGADA

  48. olá chamo-me Susete, e tembém ando á procura de trabalho em inglaterra, sou licenciada em engenharia quimica, por acaso não me sabes dizer qual a mameira mais segura e como posso fazer para conseguir trabalho ai, nem que seja noutra coisa qualquer como restaurantes e afim. obrigada

    1. Olá Susete,
      Eu posso partilhar a minha experiência mas contigo pode ser diferente. Eu comecei por me inscrever nos sites ‘monster.co.uk’ e ‘reed.co.uk’ mas como são os sites mais populares do Reino Unido é muito difícil notarem o teu CV, no meu caso nunca recebi uma resposta de lá. A melhor coisa é criares uma página no LinkedIn e lá podes procurar emprego. Só quando criei a minha página lá é que comecei a receber respostas porque tu pesquisas e depois os anúncios estão todos em várias agências de recrutamento e aí podes-te começar a inscrever nestas agências mais pequenas. Começam-te a telefonar e até a enviar mails. O que te digo é criares um mail só para isto porque assim quando te inscreves nas agências mete que queres receber semanalmente ou diário informações sobre as posições que estás interessada. Antes de te inscreveres na agência vê bem o site. Se tiveres receio posso-te dizer alguns dos sites que me inscrevi.

      Se no teu caso estás a procurar por todo o Reino Unido é muito mais fácil, eu queria só para o Sul e foi mais difícil.
      Para começares a trabalhar numa loja ou restaurante é muito difícil em cidades mais pequenas, eu nunca consegui arranjar emprego na minha cidade. Em Londres sei que é fácil mesmo quando não se fala bem inglês. Tudo depende para onde queres ir.

      O que te digo é meteres uma morada inglesa e tenta arranjar um cartão de telemóvel inglês, é muito importante.
      Se tiveres mais perguntas, está à vontade.

      Boa Sorte!

      1. ola ana quanto custa um quarto perto de londres sera que eu em tres dias cinsigo fazer alguma coisa procurar trabalho disseram me que se for no aeroporto que se consegue ganhar mais horas para fazer como e que eu chego aos empregos de aeroporto

      2. Peço desculpa mas torna-se complicado perceber o que escreves sem pontuação. Só percebi sobre o quarto em Londres, podes ver aqui os preços http://www.rightmove.co.uk/. Eu não vivo em Londres por isso para mim torna-se mais complicado dizer-te ao certo.
        Em relação ao resto não percebi.

      3. Tente deixar o seu mail,pois assim e mais facil algum portugues ajudar ,com algumas dicas ou ate morada.

Os comentários estão fechados.