Fase Inicial

Este é o meu 2º de 3 artigos sobre arranjar emprego em Inglaterra. O primeiro foi sobre o CV e este será sobre o processo de vir para Inglaterra. Penso que é importante dividir em 2 situações, as pessoas que têm pessoas conhecidas em Inglaterra e as que não têm.

1) Para quem tem pessoas conhecidas em Inglaterra: Aconselhava, como já referi várias vezes em pôr a morada da pessoa no CV e pedir que essa pessoa envie um cartão de telemóvel inglês. Se houver a oportunidade em ficar algum tempo em casa dessa pessoa enquanto se envia CVs seria o ideal mas se não der, o melhor é enviar CVs de Portugal. Eu diria para pôr um prazo de 1 mês, enviar todos os dias CVs e esperar por respostas. Tenho a certeza que vão haver telefonemas, caso não aconteça, o melhor é rever o CV e talvez mudar de agências de recrutamento. Se chamarem para entrevistas, o melhor é ficar na casa da pessoa conhecida. O ideal seria enviar CVs para empresas perto de onde vive essa pessoa, para não gastar tanto dinheiro em transportes e estadia, claro. Se a preocupação é falar inglês, aconselhava depois deste mês ir para Inglaterra para falar e ouvir mais inglês, vai ajudar bastante.

2) Para quem não tem pessoas conhecidas em Inglaterra: O melhor seria ir uns dias a Inglaterra e arranjar um cartão de telemóvel inglês e fazer couchsurfing. Este é um site em que pessoa disponibilizam a casa para pessoas que viajam. Podem ver comentários de pessoas que já lá estiveram e sabem que é seguro. Talvez hajam portugueses que vivam em Inglaterra que disponibilizam a casa e assim podiam pedir para pôr a morada dessa pessoa no vosso CV. E para mais não têm de pagar a estadia. Depois podem regressar a Portugal e enviar CVs. Eu acredito que se consegue arranjar emprego no Reino Unido de Portugal se o vosso inglês é bom e não têm receio de falar, para quem não se desenrasca muito bem, o melhor é ir para Inglaterra. E tentem para todo o Reino Unido. Para quem não tem possibilidades de ir a Inglaterra, tentem arranjar uma agência de recrutamento em Portugal que vos ajude a procurar emprego. Não vos sei dizer quais são porque nunca tentei mas sei que há para a área da saúde.

Inicialmente tentem sempre para a vossa área, não comecem logo por áreas que pensem que são mais fáceis. Ponham um prazo para tentarem e caso não consigam tentem para outras áreas.

Se não respondi às vossas perguntas estão há vontade para perguntar e responderei para o vosso email.

Boa sorte!

Anúncios

27 thoughts on “Fase Inicial”

  1. Ola Ana, parabéns pelo blog, mt bom..
    Sou Engenheira do Ambiente com 10 anos de experiência, área tratamento águas e energia…fiquei desempregada, e não consigo trabalho em Portugal, a pensar ir para Londres…com problemas no Inglês, o meu nível é A2 mt pouco pra quem quer trabalhar na área. Estou a pensar ir pra Londres para aprender o Inglês, onde recomendas tirar o curso, e ao mesmo tempo procura ativa de emprego.
    Tenho 37 anos, achas que aí ligam á idade? Achas que é fácil de trabalhar na minha área em Londres?

  2. Ola Ana, Em breve vou para o reino unido (Bristol) vou eu a minha mulher e o meu filho (6meses) vamos para casa de uns familiares que vao ajudar a ter uma vida no reino unido.
    Quero perguntar se vale a pena ariscar indo para ai. o meu Ingles não é muito bom (penso que sirva para trabalhar em fabricas ou hoteis) mas o da minha esposa é muito bom. Achas que vale a pena ariscar indo para ai? e a nivel da zona de Bristol o que tens a dizer?obrigado e parabens pelo o trabalho

  3. Olá Ana. Vou concorrer para Graduate Jobs e Trainee mas tenho uma dúvida. Visto que estou em Portugal e a trabalhar, não será uma contradição pôr a morada e telefone ingleses visto que digo no cv que estou a trabalhar em Portugal?

    Gostaria de saber a sua opinião.

    Obrigado,

    Ruben Pita

    1. Ola Ruben,

      Se estás a trabalhar em Portugal não faz sentido pôr uma morada inglesa. Talvez seja mais difícil porque estás em Portugal mas também depende da tua área mas gostam de alguém que esteja a trabalhar, até podem oferecer mais dinheiro.

      Boa sorte!

  4. Ola Ana,em primeiro lugar muitos parabéns e muito obrigada por todas as sugestões do seu blogue.
    Sou brasileira e tenho autorização de residência em Portugal,como deve saber as coisas por cá não estão nada fáceis,cada dia que passa as dificuldades em arranjar trabalho se intensificam e já e muito normal ouvir toda agente falar que vai para o estrangeiro.Estou a trabalhar ate quando só Deus sabe,preocupa-me muito a falta de oportunidades e por mais que eu seja optimista, penso que chegou a hora de pensar em outras alternativas,como viver em Inglaterra.Sempre gostei muito de Londres,mas como vocês portugueses dizem a melhor opção e jogar pelo seguro e começar a procurar trabalho daqui e já.Como eu não tenho amigos ai acha que a melhor alternativa e me inscrever em agências de recrutamento?Conhece alguma que seja idónea?Pois no meu caso e ainda mais complicado, tenho que ter visto de trabalho já que não faço parte da comunidade europeia.Tem alguma dica a me dar especificamente já que não sou portuguesa?O ideal era conseguir um trabalho que me oferecesse salário e moradia,como baby-sitter por exemplo,ou como cuidadora de idosos pois assim eu teria a chance de conviver com uma família local,aprender e praticar o inglês e minimamente alguma segurança.
    Aguardo a sua resposta.
    Obrigada e continuação de muito sucesso.

  5. Olá Ana, estou a pensar em ir viver para inglaterra e procurar trabalho na área eléctrica. Tenho 21 anos e tenho um curso profissional de técnico de instalações eléctricas. também tenho familia lá em que me podem ajudar por algum btempo ate encontrar trabalho. Sabe me dizer se ha muito emprego nesta área? Obrigado, o seu blog é muito bom.

  6. Olá Ana. Sou Eng. Civil e estou a pensar em enviar uns CV´s para a Inglaterra. Li alguns dos teus artigos e vi que também é Eng. Será que me pode indicar alguns sites com empresas? actualmente como está o mercado da engenharia por aí? Tenho interesse em ficar na zona de Cambridge, arredores incluindo, porque tenho uns amigos nessa zona, e tal como disse, facilita numa fase inicial por causa da estadia e assim…

    1. Ola Joana,

      Eu encontrei emprego no linkedin. É o que aconselho. Aí tens várias empresas e agências de recrutamento. Podes pesquisar por cidade e tudo.

      Boa sorte!

  7. Olá Ana,
    Gostava de saber como proceder com os diplomas e certificados, acho que têm que ser traduzidos e certificados certo?
    E quais são os certificados que têm mesmo que ser traduzidos?

    Os artigos ajudam muito! Obrigada.

  8. Ola ana parabéns pelo teu blog.
    O meu nome é Marie e sou portuguesa e estou a pensar ir para Inglaterra porque aqui nao consigo trabalho. Eu entendo bem ingles mas falar falo pouco. Falo espanhol. Tenho um curso porfissional de ajudante de cozinha que fiz em espanha. Achas que seria fácil conseguir trabalho na area da restauraçao? Ou na area da limpeza em algum hotel? E eu nao conheço ninguem ai. Obrigado

    1. Ola Marie,

      O que aconselho é que envie o cv para restaurantes, hotéis e talvez emprego para falar espanhol, aqui às vezes pedem. Se tem o curso de ajudante de cozinha é capaz de conseguir alguma coisa. Se for a sites de recrutamento deve encontrar anúncios.

      Boa sorte!

  9. Ola Ana, sou a Mariana e tenho 17 anos. A minha mãe, eu e as minhas duas irmãs estamos a pensar em nos mudarmos para o Reino Unido e começarmos do zero. Só que pelo que eu percebi dos teus artigos não é muito fácil. A minha mãe só tem o 9º ano e eu estou agora no 10º. Tu falas aí para quem tem pelo menos o 12º. Talvez me pudesses aconselhar algo?!

    1. Ola Mariana,

      Para vocês talvez seja mais fácil empregos como em lojas, restaurantes e fábricas. Para trabalhar nesses sítios é melhor Londres porque há mais oferta. Já deixei alguns nomes de lojas e restaurantes noutros comentários, por isso Podes ver lá. É uma questão de tentarem.

      Boa sorte!

  10. Olá Ana! Não sei se me sabes responder mas gostaria de saber em Inglaterra existem seguros de saúde nomeadamente seguro de saúde dentaria com facilidades de pagamento para que eu possa por aparelho nos dentes. Obrigada!

    1. Ola Ana,

      Aqui há vários seguros para dentistas. Se no teu caso precisas de por mesmo aparelho talvez no serviço nacional de saúde te ajude a pagar. Se quiseres por só por estética precisas de pagar tudo e aí entra o seguro. Eu não tenho nenhum seguro por isso não te consigo aconselhar um e nem sei o que há por aqui. Tens de pesquisar na net.

  11. ola Ana parabens pelo blog. Sou vigilante e pretendo ir para inglaterra trabalhar como security guard mas receio que o meu curso não sirva para ai mas tambem tenho experiencia na area da restauração como empregado de balcão onde posso inscrever-me? ja pensei ir ai fazer o curso de security guard mas como não tenho residencia ai não sei se posso fazer o curso? Obrigado pela ajuda.

    1. Olá Nelson,

      Para restauração envie o CV para os restaurantes e hotéis. Se fizer uma pesquisa na internet pelos restaurante (Nando’s, Prezzo, Zizzi, Pizza express, Carluccios, etc.) que existem aqui encontra os sites. Muitos restaurantes recrutam através do site, outros tem de ir lá pessoalmente.
      Em relação ao security guard não lhe sei dizer.

      Boa sorte!

      1. Ola ana obrigado pela dica dos restaurantes, tive a pesquisar a nivel de segurança tenho de ter 2 comprovativos de morada em Inglaterra para me darem a licença por isso nessa area la se vai o sonho pelo menos para já, vou enviar cv’s para os restaurantes que indicas-te, se souberes de agencias d emprego para esta area e para hoteis deixa-me os link’s para enviar mais cv’s ok? obrigada e resto de boa semana.

  12. bom dia ana. bem tenho visto e revisto os teus 3 blogs que pra mim estao mais do que excelentes. PARABEEENS.
    a minha duvida é a seguinte: quero ir pra inglaterra tenho la pessoas q conheço mas de certa forma sinto.me mal por pedir pra ficar em casa das mesmas. mas por outro lado, se eu nao for pra casa dessa pessoa, terei q começar a enviar curriculos de portugal segundo percebi na tua dica, o que aconteçe é q tenho um bebe de 2anos e que se me chamarem nao posso ir de um dia pro outro porque tenho que ver com quem o deixar e muitas coisas em jogo. o que devo ao certo fazer?

    1. Olá Soraya,

      Penso que o melhor era tentar enviares CVs estando em Portugal e depois se começassem a chamar para entrevistas ir para Inglaterra. Eu não sei qual é a área que pretendes mas normalmente fazem sempre uma entrevista por telefone e depois chamam para a entrevista. Não te esqueças é de meter uma morada e um cartão de telemóvel inglês. Caso te chamem podes dizer que no momento foste visitar família em Portugal e que vais regressar numa semana, normalmente não há problema, tens que mostrar é que estás interessada. Se tiveres outras entrevistas tenta meter tudo na mesma semana. Dá um prazo de 1/2 meses, se vires que não está a funcionar, tira algum tempo para ires a Inglaterra.

      Boa sorte!

  13. Ola Ana,
    Sou a Carina, tenho 22 anos e sou Licenciada em Gestão do Património, ou seja a minha área profissional incide na área cultural, não tenho grande experiencia na minha área, somente um estágio curricular na área de arqueologia. Gostaria de saber, se a empregabilidade nesta área ´e grande ou nem por isso. Gostava bastante de ter uma experiencia fora de Portugal.
    Os teus post’s ajudam bastante, obrigado.

    1. Ola Carina,

      A minha área é completamente diferente da tua por isso não te sei dizer se há empregabilidade nessa área. Nem conheço ninguém. Desculpa não poder ajudar.
      Só te posso dizer para fazeres uma pesquisa nos museus em Londres e noutras cidades com bastante história. A minha cidade, Canterbury, tem arqueólogos e é famosa por ter existido cidades romanas cá. Fizeram e fazem escavações cá.
      Posso deixar sites como reed.co.uk e monster.com.

      Desculpa não poder ajudar mais.

      Boa sorte!

  14. Ana boa tarde,estou a pesquisar na net sobre a possibilidade de emprego em Inglaterra, para o meu filho, é licenciado em engenharia química, está à 10 anos a desempenhar funções como técnico de laboratório de análises clinicas, mas como o ordenado que pagam em Portugal é baixo,começa a não poder fazer face às responsabilidades já assumidas.
    Como ainda é jovem, tem 34 anos, gostava de se valorizar mais dentro da área dos cursos que tem.
    Se me poder ilucidar, quais os passos que tem de dar, e onde seja mais fácil a procur, agradeço e desde já os meus cumprimentos e muito sucesso na vida.

Os comentários estão fechados.