O curioso incidente do cão durante a noite

No passado fim de semana fui ver a peça de teatro acima. Não tenho a certeza da minha tradução mas é algo parecido. Gostei muito. Era à cerca de um adolescente com autismo. Apesar de achar que os actores eram brilhantes, o que mais gostei foi ficar a perceber como pensa uma pessoa com autismo. Sinceramente acho que são pessoas extraordinárias. Nunca pensei que seria tão difícil para a família do autista. Quando não se tem a experiência de ser familiar de um nunca se percebe na realidade o sofrimento e esforço que todos fazem para lidar com um autista. Claro que existem vários tipos de autismo e muitos têm uma vida normal. Eu não sou uma expert na matéria por isso deixo-me pela minha opinião sobre a peça.

É uma comédia e o cenário é simples mas muito bem pensado. É uma peça muito dinâmica e cheia de surpresas. A história começa com um cão morto no quintal e o adolescente quer descobrir quem o matou mas com a investigação ele vai desvendar muitos segredos e vai superar os seus medos. Recomendo a todos a ir ver ou lerem o livro.

Aumento de salário

Ontem foi dia de aumento de salário. As expectativas eram altas, a empresa está a crescer de ano para ano, muito investimento foi feito em máquinas, criação de espaços novos e muitas mais irão surgir. Então toda a gente estava à espera de um bom aumento. E todos nós estávamos completamente errados! Sim, recebemos um aumento mas não o que estávamos à espera. Toda a gente ficou muito desiludida e claro eu também fiquei. A primeira coisa que pensei foi nos portugueses. Tenho muita sorte de ainda ter um aumento e não me cortarem no ordenado mas claro que fiquei tão desmoralizada que não vejo o porquê de tanto esforço. Por um lado penso se não foi só a mim quer dizer que não é um problema meu é da empresa. O que me custa mais é que a minha empresa nunca investe nas pessoas e para mim a empresa nunca crescerá o que deveria crescer devido a esta falta de interesse pelas pessoas que dão o seu melhor no dia a dia. Quando comecei a trabalhar lá notei que haviam muitas pessoas não interessadas e desmotivadas mas considerei-as como maus funcionários. Eu não podia estar mais enganada. E agora vejo que com o tempo tornei-me uma delas.

Desde Novembro que ando à procura de emprego e não consigo se quer ir a uma entrevista. Cheguei à conclusão que é mais fácil arranjar emprego quando se chega no país estrangeiro pela primeira vez porque somos baratos e rapidamente aceitamos qualquer coisa do que depois de uns anos de experiência, pois começamos a ser mais caros e para mais nem estudámos no país. Apesar de tudo continuo à procura de um novo desafio, espero em breve conseguir algo muito melhor ou talvez começar algo meu.

De regresso

Olá a todos!

Peço desculpa pela minha ausência no blog. Vejo que diariamente muitas pessoas visitam, deixam comentários e seguem o blog e eu não tenho escrito nada por aqui. Nestes últimos dias tenho sentido falta de escrever aqui por isso acho que voltarei de vez ao blog.

Resumindo a minha vida no último ano. Casei-me em Julho do ano passado. O casamento foi em Portugal e a lua de mel na Malásia. Daqui a uns dias escrevo um artigo sobre a minha aventura na Malásia, uma das melhores experiências que já tive. Continuo com o mesmo emprego, 3 anos que lá estou a travalhar mas queria ver se arranjava outro em breve. Fui até Brugge, Lile, Oxford, Bath, Stonehenge, Veneza e Pádua. Viajar é uma das minhas paixões e também partilharei em breve a minha experiência nestas cidades.

Espero desta vez conseguir cumprir a promessa de escrever com mais frequência.

Até breve!

De volta

Olá a todos!
Sei que faz quase um ano que não escrevo aqui. Para ser sincera, com a organização do meu casamento esqueci-me que tinha um blog.
Comigo está tudo na mesma, falta pouco para ser mulher de alguém e continuo no mesmo emprego que espero em breve mudar. Para ver se depois do casamento me dedico ao envio de CVs, pois é algo que é preciso dedicar bastante tempo.
À cerca do casamento não vejo a hora que chegue o dia, organizar um casamento à distância não é fácil e estou ansiosa ir de lua de mel para a Malásia. Vamos até Kuala Lumpur e Borneo, um pouco de floresta e praia.

Espero não me esquecer do blog e escrever com mais frequência.

Até já!

Paris

Em Maio fui até Paris. Estive lá durante 5 dias e foi a minha primeira vez. Viver no Sul de Inglaterra tem as suas vantagens, fico perto de França, a 2 horas de Paris e 20 min até ao Norte de França e fico a 4 horas da Bélgica e da Holanda. Por isso vou aproveitando e visitando alguns dos países vizinhos, já que em Portugal torna-se mais complicado com a grande Espanha ao lado. Fui a Paris com a Eurostar e gostei, perde-se muito menos tempo na espera do comboio e na viagem. O preço da viagem acaba por ficar a mesma coisa do que ir de avião. Aconselho a reservar as viagens 3 meses antes, que é quando podem começar a reservar e os preços estão baixos.

Gostei imenso de Paris e quero lá voltar mas na próxima vez sem visitar todos os museus, usufruir mais de Paris e relaxar nos belos jardins. 5 dias são suficientes para visitar Paris e deu tempo para ver tudo sem andar a correr e ainda aproveitar a vida parisiense.

Deixo-vos com algumas fotos.

IMG_5033 IMG_5076 IMG_5078 IMG_5114 IMG_5141 IMG_5185 IMG_5200 IMG_5228 IMG_5247 IMG_5263 IMG_5276 IMG_5281 IMG_5301 IMG_5331 IMG_5337 IMG_5353 IMG_5361 IMG_5362 IMG_5425

Preparativos para o casamento

Primeiro peço desculpa pela ausência no blog. O meu computador português avariou e só conseguia escrever através do meu telemóvel o que não é muito fácil.

Como já vos tinha contado, estou noiva e vou-me casar no próximo ano. No início deste ano comecei a ver quintas na internet e em Abril fui visitar várias. O chato de viver noutro país e realizar o casamento noutro é não poder ir ver sítios quando queremos e não poder falar com as pessoas pelo telefone. Só tive uma semana para ver quintas e caso não gostasse de nenhuma só podia ir visitar mais em Julho. Em princípio já tenho quinta e espaço para realizar a cerimónia civil mas o processo é muito lento. Ter de esperar por respostas…perde-se imenso tempo. No outro dia a minha família falou-me de uma reportagem que seu na Sic sobre duas portuguesas que estavam desempregadas que se aventuraram a realizar casamentos de ingleses no Algarve.  Penso que foi uma óptima ideia, se alguém tiver experiência nessa área acho que se devia aventurar em outras regiões de Portugal. Eles adoram Sintra, Açores, Madeira, Norte de Portugal. Claro que o Algarve são para ingleses que gostam do tempo quente mas muitos ingleses detestam temperaturas acima dos 25/30ºC.

O meu próximo passo é encontrar uma banda irlandesa em Portugal, o que me parece um pouco difícil, caso alguém conheça alguma deixe aqui nos comentários.

Até breve!

Televisão portuguesa vs inglesa

image

Antes de me mudar para Inglaterra pensei que ia continuar a ver a televisão portuguesa mas depois de cá estar vi que preferia muito mais a televisão inglesa. Em Portugal assistia a muito poucas coisas, telejornal e uma ou outra telenovela brasileira nos 4 canais, o resto eram séries. Aqui vejo um pouco de tudo. Adoro os documentários e séries da BBC. Os horários são melhores, os bons programas dão até às 22h, não é como em Portugal que se espera até à meia noite para se ver a telenovela que se gosta. Aqui os programas com mais sucesso dão entre as 8h e 22h. Só há uma coisa que gosto mais em Portugal, são os filmes que dão na SIC no fim de semana, aqui não se vê nada de jeito ao fim de semana.
Uma coisa que também é boa, é que para quem quer aprender inglês é o melhor, aprende-se muito a ver televisão.
Acho que também vejo televisão inglesa porque o meu namorado é inglês e para vermos 2 coisas diferentes ao mesmo tempo seria estranho.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 105 outros seguidores